ADAPEC finaliza coleta de amostras de sangue pra monitorar peste suína

ADAPEC finaliza coleta de amostras de sangue pra monitorar peste suína

Estudo teve início no último dia 09 deste mês e foi realizado em 19 municípios tocantinenses, limítrofes aos Estados que fazem parte da zona não livre da PSC.

Encerraram nesta terça-feira, 29, as colheitas do inquérito soroepidemiológico da Peste Suína Clássica (PSC). Os testes aconteceram em 74 criatórios de suínos, atingindo 720 suínos, em 19 municípios limítrofes aos Estados que fazem parte da zona não livre da PSC. Também está sendo finalizado o monitoramento da doença em 182 animais de Granjas Comerciais.

O inquérito teve início no último dia 9 deste mês.
A responsável técnica pelo Programa Estadual de Sanidade Suídea, Regina Gonçalves Barbosa, disse que os trabalhos de colheitas nos animais foram concluídos dentro do prazo previsto. “Durante estes 20 dias as equipes de campo estiveram nas propriedades realizando colheitas para a PSC e também monitorando as granjas comerciais. E embora tivéssemos um número alto de amostras foi possível realizar o trabalho dentro do calendário previsto pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)” destacou Regina.

O próximo passo do inquérito é o envio das amostras para um laboratório oficial do Mapa que fará a análise e posteriormente o envio dos resultados aos estados que participam do inquérito, sendo eles: Tocantins, Acre, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Sergipe.

Participaram do inquérito os municípios de: Aguiarnópolis, Araguacema, Araguanã, Araguatins, Augustinópolis, Babaçulandia, Buriti do Tocantins, Campos Lindos, Couto Magalhães, Esperantina, Filadélfia, Goiatins, Itaguatins, Mateiros, Praia Norte, São Miguel, São Sebastião, Tocantinópolis e Xambioá.

Deixe seu comentário