Alerta: Empréstimos por SMS podem ser perigosos

Alerta: Empréstimos por SMS podem ser perigosos

Adailton Fonseca, empresário do setor de empréstimos, alerta que aposentados e pensionistas são as maiores vítimas.

Adailton Fonseca, sócio nas empresas Êxito Crédito e Êxito Factoring, que ofertam créditos a pessoas jurídicas como  Profissionais Liberais, Produtor Rural, Microempreendedores Individuais, nos concedeu uma entrevista pra falar um pouco sobre a prática de empréstimos consignados por SMS.

O empresário deixou bem claro que é sim uma prática legal, apesar de parecer imoral por ocultar cláusulas contratuais e outras coisas mais, já que o crédito consignado por SMS deixa pontos contratuais ocultos.

As empresas são sim regulamentadas, mas isso não às impede de fazer esse tipo de operação, oferecendo um serviço voltado para um público em sua grande maioria de pensionistas do INSS, pessoas essas com mais idades e conhecimentos limitado onde acabam sendo ludibriadas por ofertas não totalmente explicadas, suas condições ou contratando até mesmo o que não precisa.” A maior preocupação e com pensionistas ou pessoas que não dominam a tecnologia, muitas vezes essas pessoas são enganadas por aqueles que agem de má fé”, alertou Adailton.

Sobre a fiscaização dessa prática o empresário acredita que além da regulação pelo banco central e outras entidades, o marco civil da internet pode ajudar na privacidade de dados pessoais, isso pode proteger as pessoas físicas. “Pra ofertar serviços é preciso autorização pra isso, não é fazer isso diretamente, o marco da internet, essanova legislação que ainda está send aprendida pode ajudar muita gente a se proteger de golpes”, disse.

Logo o empresário deixa bem claro que a melhor opção pra quem precisa de Empréstimo Consignado venha fazer a contratação do serviço pelos Sites oficiais das Empresas ou em uma Loja física. “Acredito que a credibilidade da loja física é insubstituível, não que não se possa utilizar novas tecnologias, mas o cuidado na procedência da empresa é indispensável, checar se são empresas idôneas, isso pode dar tranquilidade na hora de fechar o contrato”, finalizou.

Por Bruno Fernandes

Deixe seu comentário