Hospital Regional de Gurupi sem estrutura

Hospital Regional de Gurupi sem estrutura

por Bruno Fernandes

 

Segundo denúncia feita por um paciente que aguarda “abrir” vaga de “fila de esperar” para uma cirurgia, o HRG mantinha pacientes de COVID-19 misturados com outros

 

Uma pessoa aguardando por cirurgia no HRG esta muito preocupada, pois alguns pacientes de COVID-19 deitados em maca no corredor e infelizmente não estão tão isolados dos pacientes normais, parece que até uma mulher que acompanhava a mãe aparentou esta contaminada e teve que ir embora pra casa.

 

Completa hoje uma semana aguardando por cirurgia sem saber quando entrará na fila de espera.

 

O Paciente alega que não haveria necessidade de estar no Hospital aguardando a cirurgia já que passa bem e poderia aguardar a mesma em casa, mas disse que foi aconselhado pelos funcionários do Hospital a não ir pra casa, pois se sair perderá a vaga. Ele esta preocupado, por que não tem a mínima ideia de quando será operado e segundo o mesmo tem um paciente que aguarda cirurgia desde o dia 26 de Dezembro de 2020 para operar a clavícula.

 

 

Isso não é tudo, ele esta aguardando “abrir” vaga para “entrar na fila de espera”, logo resolveu entrar em contato com o É Noticia Tocantins na esperança de ajudar não só ele, mas outros que aguardam na sua frente. Disse que só hoje as 10 da manha que estão limpando o corredor, pois os pacientes começaram a reclamar demais, mas que estavam colocando os máximo possível de pacientes com macas menores dentro de umas salas e macas maiores dentro de outra sala mais espaçosa.

 

Após pacientes começarem a reclamar, só restou esse no corredor.

 

SECOM SAÚDE TO.

Nota

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) por meio do Hospital Regional de Gurupi (HRG) informa que os pacientes suspeitos de Covid-19, internados na unidade hospitalar, ficam isolados em uma área específica, até a confirmação do diagnóstico. Esclarecemos que a contaminação pela Covid-19, infelizmente, já é de transmissão comunitária, porém no HRG são adotados os protocolos de biossegurança de acordo com as orientações das Comissões de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH).

 

A respeito das cirurgias ortopédicas no HRG, a SES informa que devido o grande número de acidentes e ocorrências nos feriados do final de ano, teve o aumento significativo das demandas cirúrgicas, ocorrendo demora para realização de algumas. Porém, as rotinas estão sendo realizadas normalmente, com mais de 50 cirurgias feitas por semana, na unidade.

 

Palmas, 14 de janeiro de 2021

Secretaria de Estado da Saúde

Governo do Tocantins

Deixe seu comentário