Jornalista que cobriu a situação caótica em Wuhan é condenada a 4 anos de prisão

Jornalista que cobriu a situação caótica em Wuhan é condenada a 4 anos de prisão

Justiça chinesa condena Jornalista por revelar a verdade do Covid-19 para o mundo

Zhan cobria principalmente a situação caótica dos hospitais e divulgava seu trabalho nas redes sociais. Em maio, a jornalista foi detida sob a acusação “provocar distúrbios” e de disseminar desinformação. Em junho, para protestar contra sua detenção, ela iniciou uma greve de fome, porém foi alimentada à força por uma sonda.

“Quando a vi na semana passada, ela afirmou que se receber uma sentença pesada, vai recusar qualquer alimento até o fim”, disse o advogado Zhang Keke. “Ela acredita que vai morrer na prisão”.

 

Deixe seu comentário