Jovem que representou estado em projetos no país, pretende disputar vaga em legislativo de Lagoa da Confusão

Jovem que representou estado em projetos no país, pretende disputar vaga em legislativo de Lagoa da Confusão

Bruno Soares já foi integrante de um estágio na Câmara dos Deputados, foi parlamentar representando a cidade e o Tocantins no PNJA – Parlamento Nacional da Juventude pela Água e ainda participou do RenovaBR.

Um novo nome em Lagoa da Confusão se destaca nas redes sociais e grupos de whatsapp para ocupar uma das 9 vagas na Câmara Municipal de Lagoa da Confusão. Jovem e de família pioneira na cidade nos últimos anos vem ganhando espaço em representatividade.

Bruno Soares é formado em Direito, atualmente trabalha em um escritório de advocacia. Desde cedo viu na política uma forma de mudança no espaço aonde reside, já desenvolveu campanhas no âmbito da assistência social, sempre esteve ligado a assuntos inerentes à juventude e causas ambientais.

Com perfil proativo e raízes na cidade de Lagoa da Confusão, Bruno já participou de estágio visita de curta duração na Câmara dos Deputados, já foi parlamentar representando a cidade e o Tocantins no PNJA – Parlamento Nacional da Juventude pela Água e no último semestre fez parte da turma de renovação formada pelo RenovaBR, a maior escola de capacitação política do País.

Filho dos pequenos produtores rurais Celso e Eva, Bruno diz que tetá como luta a educação, meio ambiente, juventude, turismo e esporte. Dentre alguns desejos de projetos está o da implementação do primeiro Centro de Canoagem da cidade de Lagoa da Confusão. Projeto que visa o incentivo à prática do esporte na cidade e também na região indígena, onde jovens Karajá sofrem com problemas de suicídio por falta de políticas públicas.

“Me preparei durante muitos anos pra poder fazer algo novo e diferente na minha cidade, não quero ser candidato por vaidade ou de um determinado grupo, quero ser candidato para representar todas as classes sociais e movimentos. Sinto que da pra transformar a realidade de muitos na política quando se tem força de vontade e quando não se tem rabo preso.” Destacou.

Deixe seu comentário