Na disputa do Legislativo de Lagoa da Confusão, Bruno Soares aparece como um forte nome para assumir uma cadeira na Câmara Municipal

Na disputa do Legislativo de Lagoa da Confusão, Bruno Soares aparece como um forte nome para assumir uma cadeira na Câmara Municipal

Assessor Jurídico, Bruno Soares é um dos nomes de destaques no cenário político de Lagoa da Confusão para as eleições de 2020. Nos bastidores, o nome do pré-candidato é cotado como um dos favoritos a ocupar uma cadeira na Câmara Municipal. Todo esse destaque de Bruno não é em vão! No currículo do pré-candidato constam trabalhos voluntários e assistenciais. Bruno já disputou uma eleição ao legislativo de Lagoa da Confusão, com 18 anos de idade, o jovem não foi eleito, mas a partir desse momento começou uma preparação para seguir seus objetivos.

Mudou-se para Gurupi, e foi para a Universidade estudar Direito, contribuiu como funcionário público na geração de emprego e renda por meio do órgão do Sine. Bruno é ambientalista, já contribuiu com o Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Formoso, bem como, representou o Estado no PNJA – Parlamento Nacional da Juventude pela Água. Formou-se e foi além, especializando-se em formação política na maior escola de democracia do Brasil, o RenovaBR, dentre um processo seletivo com mais de 31 mil inscritos. Hoje, com 26 anos, Bruno Soares é estudante dos cursos de pós-graduação em Direito Público e Direito Eleitoral.

O jovem se sente preparado para assumir uma vaga na Câmara Municipal.

“Amo minha cidade. Por isso retornei para Lagoa para trabalhar com dedicação e contribuir da melhor forma onde a comunidade possa ser beneficiada.”

BrunoSoares comentou que registrou assinatura em cartório de 11 (onze) propostas de mandato para o Legislativo de Lagoa da Confusão.

“Estou colocando meu nome à disposição e se for da vontade de Deus e do povo, vou trabalhar para que o legislativo da nossa cidade cumpra com suas funções e seja forte para que nossa cidade desenvolva. Lagoa da Confusão merece políticos com determinação e vontade de trabalhar com evidências.”

Deixe seu comentário