Operação Catarse cumpre mais dois mandados de busca no Norte do Estado

Operação Catarse cumpre mais dois mandados de busca no Norte do Estado

Nova fase da operação ocorreu em Araguaína e Santa Fé do Araguaia.

A Operação Catarse, que investiga crimes de peculato contra a administração pública estadual, a Polícia Civil do Tocantins, por meio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais – DEIC Norte, cumpriu nesta terça-feira, 28, mais duas buscas e apreensões nas residências de pessoas que foram lotadas nos quadros do efetivo estadual, mas suspeita-se que não exerciam suas funções.

De acordo com o delegado Bruno Boaventura, os alvos desta fase da operação são um ex-parlamentar e atual secretário na gestão municipal na cidade de Santa Fé do Araguaia, no Norte do Estado, e uma ex-servidora estadual residente em Araguaína, a 377 quilômetros de Palmas. Para o delegado, a investigada, esposa de um ex-parlamentar de município na região Norte do Estado, estaria trabalhando como artesã.

Segundo o delegado José Anchieta de Menezes, o primeiro investigado teria sido lotado na antiga Secretaria Geral de Governo, recebendo proventos de fevereiro a outubro do ano passado e teria pedido exoneração nos quadros do efetivo estadual para assumir cargo de gestão na prefeitura de Santa Fé do Araguaia. Já a mulher teria sido nomeada em fevereiro de 2018 e exonerada no último dia daquele ano. Ambos recebiam salários de R$ 2,4 mil.

Nos dois depoimentos, os suspeitos confirmaram que nunca assinaram lista de frequência e, por residir em municípios distantes da Capital, não exerciam suas funções na pasta”, ressaltou ainda o delegado Bruno Boaventura.

Deixe seu comentário