PM prende quatro suspeitos de integrar quadrilha que fazia roubos em fazendas no sul do estado

PM prende quatro suspeitos de integrar quadrilha que fazia roubos em fazendas no sul do estado

Eles foram autuados por receptação e posse ilegal de arma de fogo.

Adelman Coelho de 38 anos e Higor Cláudio da Silva de 23 anos foram presos hoje a tarde nas proximidades do trevo da Baiana na BR 242, município de Peixe.

A dupla é suspeita de, na última sexta feira ( 02), assaltar a fazenda Boa Vista na zona rural de Gurupi em frente ao antigo ” Recanto Turístico ” na BR 242 sentido
Peixe, elesinvadiram a pripriedade e se  passaram por Oficial de Justiça e Policial Civil, enganaram a proprietária que estava com uma criança, e furtaram um espingarda calibre .32  e fugiram. Hoje (05) a dupla de infratores foi vista em frente à Fazenda Boa Vista trocando o pneu de um carro usado no furto. Segundo a PM, eles foram perseguidos por fazendeiros da região e, no “Trevo da Baiana” próximo à cidade do Peixe um dos infratores Higor Cláudio da Silva de 23 anos, conseguiu fugir pelo matagal, mas foi preso logo em seguida. O outro Adelman Coelho, foi detido por populares.

Sehundo a PM, os suspeitos confessaram a prática de furtos em fazendas da região, eles disseram ainda que em Gurupi existiam mais dois infratores nas dependências do ” Clube do BASA ” próximo à AGD. O casal, Igor Caetano da Silva Santana de 32 anos e Valdenice Coelho de Aguiar de 24 anos foram preaos e a PM encontrou com eles: 01 automóvel GM celta ( apreensão adm ), 02 espingardas calibre .32 ( cartucheira ), uma calibre .22, quatro celulares, 04 cartuchos CBC calibre .36 intactos, 05 deflagrados, 03 munições .22 intactas, 01 deflagrada, 06 munições de calibre .38 deflagrados, 01 pacote de espoletas, 01 frasco de pólvora CBC, 02 frascos de chumbo para cartuchos, 02 facas, 01 cédula de um dólar, R$ 2.339,00 em espécie, R$ 36,00 num pacote em moedas, folhas de cheques preenchidas, 01 animal silvestre da fauna brasileira abatido ( tatú ) e jóias de origem duvidosa. Eles vão responder por porte ilegal de arma de fogo.

Deixe seu comentário